» » 6 hábitos que fazem você engordar sem perceber

6 hábitos que fazem você engordar sem perceber

postado em: Reflexões 0
6 hábitos que fazem você engordar sem perceber
6 hábitos que fazem você engordar sem perceber

Muitas pessoas reclamam que engordam mesmo mantendo uma vida equilibrada. Acabam se aventurando em dietas malucas para conseguirem um resultado rápido, mas não param para ‘sentir’ e prestar atenção ao que realmente está acontecendo em suas vidas para que haja este desequilíbrio de peso.

O dia-a-dia cada vez mais corrido e caótico está fazendo com que as pessoas ajam como se estivessem no ‘piloto automático’: Fazem as mesmas coisas, cometem os mesmos erros, comem as mesmas coisas, falam quase do mesmo jeito, e não reparam, não enxergam, não têm mais tempo nem mesmo para olhar para sua vida, de olhar para si próprios, de analisar como anda sua vida de verdade.

A alteração de peso nós sabemos que pode ser decorrente de uma série de fatores, já até falei aqui no blog sobre compulsão alimentar. Pode ser de cunho emocional, mas, algumas vezes, também podem ser hábitos ruins cometidos no cotidiano, que acabam comprometendo a saúde e interferindo no peso.

Todos sabem que eu levanto a bandeira de não contar calorias e sim nutrientes dos alimentos. É preciso pensar se aquilo que você está comendo vai te trazer algum benefício para a saúde, quais nutrientes você está adquirindo, etc. Este é o pensamento correto para conseguir um equilíbrio na sua alimentação.

Conheço muita gente que conta caloria e prefere comer uma panela de brigadeiro e ficar o resto do dia sem comer. Um comportamento típico de quem se preocupa em apenas contar caloria para manter o peso e esquece de pensar na saúde.

O fato é que pequenas mudanças em sua rotina com escolhas saudáveis poderão mudar sua vida, seu peso e sua saúde. Veja quais são.

6 hábitos que fazem você engordar sem perceber

1 – Happy hours

Quem costuma fazer happy hour com frequência tem alteração de peso. Pois a grande maioria das bebidas com álcool aumentam a grelina, conhecida por ser o hormônio da fome.

A grelina é responsável por estimular nosso apetite. Já reparou que logo que você começar a beber surge aquela vontade de beliscar algo? (Geralmente algo gorduroso).

Estar com amigos é uma delícia (quem me conhece sabe que eu amo), mas é importante que você diminua a frequência desses encontros e que saiba fazer boas escolhas até mesmo quando estiver em um bar.

Atualmente a maioria dos estabelecimentos já possui sucos saudáveis ou, se for o caso, opte pela água com gás e limão, ela refresca e ajuda a saciar aquela vontade de beber algo diferente.

Coma uma salada linda e deliciosa (fibras auxiliam a saciar por mais tempo a fome) ou snacks mais nutritivos, o importante é você saber fazer boas escolhas sempre. Tenha em mente aquilo que falei no começo do texto: Pense no nutriente que está adquirindo com aquilo que for comer e se a resposta for ‘nenhum’, já sabe, cai fora!

2 – Dormir pouco

Dormir bem faz toda diferença para nossa saúde.

Mas você sabia que dormir as 8 horas por dia recomendado pelos médicos pode regular a grelina? Quem não dorme direito costuma comer mais, procura beliscar mais ao longo do dia, parece que sempre está com fome.

Sem contar que uma pessoa que dorme mal acaba ficando mais estressada e, consequentemente, produzindo cortisol – alterando, assim, a funcionalidade dos hormônios do corpo.

Por isso, procure dormir bem! Desligue celular, computador, televisão na hora de dormir, prepare um chá (de preferência de camomila, erva-cidreira ou outro que tenha poder calmante), leia um livro e se permita desligar dos problemas e dos acontecimentos do dia.

Seu corpo agradecerá e você notará os resultados.

3 – Assistir muitas horas de televisão

Com certeza você conhece alguém que é viciado em séries ou em ficar assistindo televisão. Já reparou que a grande maioria destas pessoas adoram “ beliscar” enquanto se distraem com a TV?

Aqui em casa não era diferente, meu marido gosta muito de documentários e filmes e sempre procura algo para comer enquanto se distrai, seja uma pipoca, batata frita, amendoim – ele sempre tinha que mastigar algo.

E só mudou porque diminuímos o tempo em frente à televisão. Isso é mais comum do que você pensa.

Segundo estudos realizados nos Estados Unidos, pessoas que assistem muita televisão estão mais propensas a ter excesso de peso. Já que a televisão estimula a vontade de comer e aumenta o desejo por guloseimas geralmente gordurosas.

Além disso, pessoas que costumam ficar muitas horas em frente à televisão não praticam atividade física, trocam o exercício para ficarem horas sentados.

Por isso, comece hoje a diminuir o tempo que perde em frente à TV. Saiba equilibrar sua vida com o tempo do trabalho e do lazer, mas também da sua saúde.

Muitos se preocupam com o lazer e entendem que relaxar é ficar comendo quilos de batata frita assistindo um filme, e esquecem que é bem mais do que isso.

Encare como lazer distrair a mente, estar com pessoas queridas, dar risada, bater um bom papo (fuja das pessoas negativas, pelo amor de Deus) e também ter uma vida saudável, seja dormindo bem, praticando exercício e se alimentando bem.

Se antes você ficava quatro horas na frente da televisão, procure ficar duas, no máximo. Alimente-se bem para não cair na tentação de comer enquanto assiste algo e, se você não resistir, escolha algo saudável: uma fruta, um ovo cozido, um chá.

Lembre-se: Boas práticas diárias é que farão diferença na balança e também na sua saúde.

4 – Comer fora todos os dias

Quem conhece a mim e ao meu marido sabe que adoramos um bom restaurante. Curtimos a experiência de conhecer novos sabores e, também, lugares aconchegantes. Mas isso não pode se repetir sempre.

A grande maioria das pessoas costumam comer fora e exagerar em suas escolhas, consomem mais calorias do que estão habituadas a comer em casa, seja pelo prato ser maior ou mais gorduroso ou por comer sobremesa, também. O fato é que quem come muito fora acaba engordando.

Por isso, se você é fã de restaurantes ou acaba se alimentando fora por não ter opção, procure estabelecimentos com cardápios mais saudáveis.

Eu mesmo já indiquei no blog lugares em São Paulo que eu amo e que são saudáveis, mas com muito sabor, vale a pena conhecer.

Mas se onde você mora ou trabalha não tem lugares como esses, não é motivo para comer mal, pois, como eu falei, saber fazer boas escolhas diárias é isto: Comer bem aonde estiver. Dê prioridade aos alimentos ricos em fibras e procure evitar gorduras e açúcar.

Pequenas mudanças diárias, mas que trarão grandes resultados.

5 – Fazer refeições rápidas e distraído

Infelizmente vivemos em um mundo atual onde as pessoas estão cada vez mais distantes. Não conseguem mais conversar sem olhar para um celular e até na hora comer (momento sagrado para mim aqui em casa) sem verificar o e-mail, Instagram ou Facebook.

A comida é um prazer e, por isso, deve ser deliciosamente saboreada, cada garfada deve ser ingerida devagar, apreciando não só a refeição, mas sim o momento.

Se você estiver com alguém, então, é o momento de relaxar, conversar e esquecer os problemas. Em muitas casas é o único momento em que os pais conseguem estar com seus filhos ou que um casal pode estar junto.

Quem come rápido ou distraído come mais rápido, consome alimentos mais gordurosos e ainda se sente insatisfeito.

Isto porque, ao fazermos as refeições enquanto estamos distraídos, aumentamos as chances de ingerirmos uma quantidade maior de comida, perdemos a noção da quantidade e até do que estamos comendo.

Essas distrações impedem nosso cérebro de receber os sinais de saciedade, o que significa que aumentam as chances de comer além da conta e, também, aqueles quilos extras na balança.

Comer sentado à mesa e dedicar um tempo exclusivamente para se alimentar é importante para a sua saúde e para a convivência familiar do seu lar.

Por isso, comece a desligar os eletrônicos enquanto se senta à mesa e aproveite a companhia de quem estiver ao seu lado.

Você vai ver que até o sabor da comida mudará e suas refeição serão ainda mais deliciosas.

6 – Levar  problemas para a mesa

Comer é um ato sagrado. É o momento de se desligar dos problemas e se conectar com você, com Deus, é quase uma prece de agradecimento.

Por isso, antes de iniciar qualquer refeição é importante que se desligue de sentimentos que prejudicam sua saúde:  Raiva, tristeza e outras emoções negativas.

Esses sentimentos muitas vezes podem fazer você comer mais rápido, em maior quantidade e pior qualidade. Quem nunca escutou ou disse: estou triste hoje por isso vou me dar de presente um hambúrguer? Ou estou tão estressado que vou comer um pedaço de bolo enorme?

Não leve para a mesa sentimentos negativos, não contamine o seu momento de equilíbrio e de saúde, pois isto poderá refletir em suas escolhas na hora de comer.

Deixe seu comentário:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.